4 de mai de 2014

Sobre o começo, o meio e o fim

A vida é realmente estranha, é feita de fases, ciclos que se encerram para um novo recomeço!

Meu blog querido deixou de ser atualizado por esse motivo, engravidei, os amigos sumiram (e assim se encerrava a fase de ter amigos baladeiros), sentia uma necessidade de compartilhar com alguém o que eu estava passando e sentindo, e nada melhor do que compartilhar com quem entende e passou pelo mesmo que eu!
Manoella nasceu, linda e cheia de saúde, e então outra fase entrava na minha vida, a fase das inseguranças, dos medos, de pesquisar tudo sobre o desenvolvimento do bebê, sobre como dormir a noite toda, quem nunca?! haha, sobre introdução alimentar, e tudo isso tentando compartilhar nesse cantinho só meu tudo, cada detalhe, cada mesversário, cada nova descoberta! Afinal bebês nascem todos os dias, o que foi importante pra mim, um dia será a duvida de alguma mãe , espero que eu possa ter ajudado alguém com algum post, é tão bom saber que tem gente que entende a gente, gente que passa pelo mesmo perrengue e conta aos risos como resolveu aquele problema cabeludo!
O tempo continuou a passar e tenho a impressão de que ele anda passando rápido demais, a mãe que cuida do bebê 25hs por dia começou aos poucos a voltar a vida normal, e como é dificil o primeiro dia longo longe do bebê! E foi assim de pouquinho em pouquinho que comecei a me desapegar dessa vida de mãe em tempo integral, aos poucos me vi sem tempo de me cuidar, e sem tempo de cuidar desse meu cantinho, que sempre foi tão acolhedor pra mim! Parei de postar por ter muitos trabalhos e quando chego em casa, quero minhas meninas, ou preciso ficar na internet procurando futuros trabalhos, e deixei de lado, mais sempre lendo muito sobre todos os temas que nos interessa, e acompanhando muito todos os blogs que eu curto! Repararam que já estou em outra fase ? Psé, a vida basicamente é isso, fases!

Hoje voltei aqui, porque eu estou passando por um turbulento ciclo que se encerra, sempre sonhei em ter a minha a família, de poder envelhecer do lado de quem eu amo do lado, enfim em todas essas besteiras que aprendemos e confiamos sobre contos de fadas!
Mais nem sempre quem faz o bem recebe o bem em troca, nem sempre quem dá amor é amado também, eu disse no inicio que a vida é estranha, não? Diria até um pouco injusta, mas tudo bem, hoje me vejo com a unica missão de cuidar e fazer que as minhas meninas sejam felizes sempre, não sou a primeira e nem serei a ultima a ter que cuidar de filhos sozinha, enquanto os pais estão dormindo, na balada, namorando, flertando com outras... Deus me fez mãe e me deu forças pra aguentar e superar qualquer desafio!

Participo de  vários grupos de maternidade, e a maioria dazamigas que tiveram bebês, viram o relacionamento irem por água a baixo, brigas, traições, falta de respeito, inúmeros motivos que fizeram casais que tinham tudo pra serem uma família linda e feliz, se acabar..
Ainda não consigo entender como um filho que é uma benção na vida da gente, possa mudar tanto a estrutura de um relacionamento, despreparo talvez, como depois que viraram mães tantas mulheres perderam o valor, perguntas sem respostas e cada vez mais com a certeza de que sim a vida é um tanto injusta!
Meu sonho de ter uma família feliz comercial de margarina se encerrou,e esse talvez seja o ultimo post do meu tão querido cantinho, mais em breve nascerá um novo cantinho de uma mãe que se fortaleceu com as dores, e que irá continuar compartilhando tudo o que acontece, mais dessa vez só entre meninas, uma família feliz comercial de margarina feito só de meninas, porque não?!

Obrigada e até breve!

Um comentário :

  1. Olá Party! Conheci seu blog hoje e li todas as postagens de uma vez! O que quer que tenha acontecido em sua vida nesse último ano, espero você não tenha desistido de escrever! Você tem muito talento e o seu blog me ajudou muito! Também estou grávida e com muitas dúvidas e choro! Kkkk Bjos e muita luz! Que Deus te abençoe!

    ResponderExcluir