1 de ago de 2013

Meu Relato de amamentação na Semana Mundial de Aleitamento Materno

Começa hoje a Semana Mundial de Aleitamento Materno, com o intuito de promover a amamentação, um assunto tão gostoso de se falar, e que ao mesmo tempo gera tantas duvidas e inseguranças!

Amamentei a Carol até os 3 anos de idade! Acha muito? Eu não! Se pudesse prolongava um pouco mais!
A Organização Mundial de Saúde indica amamentação exclusiva até os 6 meses, mas prolongando até no minimo 2 anos de idade, mas eu segui sem ter essa informação na época!
Tive bebê com 18 anos e não tinha computador em casa, e como era nova, nunca busquei informações em blogs, e sites relacionados a maternidade como fazemos hoje em dia, eu simplesmente seguia meu instinto de mãe, e cá entre nós, a sensação de amamentar é maravilhosa!
No hospital em que ela nasceu, certamente deram algum leite artificial para ela nas primeiras horas, eu só fui amamentar ela no dia seguinte do parto, e pedi para uma enfermeira me ajudar, e ela se negou a ajudar colocar meu bebê no peito! Então fiz do meu jeito e deu certo, mas nos primeiros dias meu peito começou a rachar e doía muito pra amamentar, me lembro que teve um dia que estava amamentando chorando de dor, quando olhei pra minha bebê vi a boca dela cheia de sangue! Fiquei desesperada, comprei um bico falso de silicone pra ela sugar o bico, mas não adiantou de nada! ( Não recomendo, dinheiro jogado no lixo!), então  passava meu próprio leite no bico machucado pra ir secando a ferida, e secou! |Mesmo sem ter todas essas informações de hoje em dia, eu não desisti de amamentar!

Já com a Manoella, eu estava bem preparada para o parto, e para a amamentação, tive todo o aconselhamento da Casa Ângela, assim que a Manu nasceu, veio pro meu colo e a primeira coisa que eu fiz foi oferecer o peito para ela, e o cordão umbilical nem tinha parado de pulsar ainda! Ela não pegou de imediato, como ainda estava com o cordão, estava sendo muito bem alimentada!
Mas logo na primeira hora de vida já dei o peito e ela pegou perfeitamente, sem dor, sem feridas, a unica coisa que existiu foi nossa troca imensa de amor!

Nenhuma gravidez é igual a outra, e por mais que eu tenha lido em vários blogs, participei de cursos, apesar de ser mãe de segunda viagem, muitas duvidas surgiram!

Meu leite resolveu descer três dias depois do parto, e eram quase uma hora da manhã, foi de repente, meu peito dobrou de tamanho, e do nada começou a doer e a me dar febre! Justo na hora em que minha bebezinha estava linda dormindo!
Liguei na hora para a Casa Ângela e elas me auxiliaram a tomar um banho morno pra gelado ( nunca água quente nos peitos!) e no banho fazer uma ordenha manual para tirar um pouco o acúmulo de leite e não empedrar, liguei tarde demais, já estava empedrado! Então seguindo o conselho de novo das meninas, quando a Manu acordou, dei um peito, e conforme ela mamava um peito, eu fazia ordenha do outro, e assim consegui tirar o leite que chegou abençoando nossa vida, e a febre passou! E a Manu é um bezerrinho até hoje!
Outros momentos em que me senti totalmente insegura sobre a amamentação foi na volta ao trabalho ( como que a Manu ia conseguir viver sem o peitinho dela??) e na introdução alimentar, pensava que ela ia começar a gostar de tudo e me jogar em escanteio, que não ia mais gostar de leite depois de tantos sucos que ela iria experimentar, e sentia meu peito tão murcho, morria de medo do meu leite secar!
Tudo paranoia de mãe!
O leite não seca, enquanto o bebê estiver sugando! Quanto mais o bebê suga, mais leite aparece, como mágica, simples assim! Mas depois de um tempo, só vem a quantidade certa que o bebê precisa, peito murcho não significa peito sem leite!
E sobre a volta ao trabalho, eu trabalho com eventos, não conseguiria ficar tirando leite para o dia seguinte, então tive que oferecer leite artificial apenas enquanto eu estou no trabalho, assim que chego em casa já chego oferecendo o peito! E ela não preferiu o artificial, a Manu ama mamar, e eu amo poder oferecer além de alimento, amor, carinho, confiança e tudo isso em um só gesto, amamentando!!

Esse é meu relato sobre como foi/está sendo a amamentação na minha vida, duvidas vão surgir, vamos ouvir os mais variados pitacos sobre o assunto, mais o importante é não desistir!

9 comentários :

  1. Lindo relato!
    beijos
    Lele
    www.eueleeascriancas.com.br

    ResponderExcluir
  2. ADOREI O SEU RELATO!
    Parabéns!
    Bjos
    Tatty
    http://diariomaedeprimeiraviagemtatty.blogspot.com.br/2013/08/bc-leite-amor-e-vida.html

    ResponderExcluir
  3. Olá querida, estou organizando uma Bc com o tema Leite, Amor e Vida, se quiser participar deixe seu link http://www.maeparasempre.com/2013/08/bc-leite-amor-e-vida.html

    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que legal, vou entrar pra participar !!!!!!!!!!

      Excluir
  4. adorei sua postagem, obrigada por participar
    verdade nenhuma gravidez é igaul a outra e nem o bebe, tenho 2 filhas e o modo de que uma se alimeta e se alimentou é bem diferente
    tenho medo da isabella deixar o peito rapido
    bjos

    ResponderExcluir
  5. Linda participação na BC.
    Que bom ainda estar amamentando.
    Bjs!!
    Carlah Ventura
    Blog: Intensa Vida

    ResponderExcluir
  6. Informação é tudo! Parabéns por sua participação. Beijos, Gisa Hangai

    ResponderExcluir
  7. Lindo relato!
    bjos
    #amigacomenta
    www.mamaeneura.com

    ResponderExcluir
  8. Lindo, gravidez é sempre diferente para cada um mesmo.
    Tabem tenho um blog, se quiser ir la da uma visita e se gostar seguir eu agradeço. Ja estou seguindo, beijos

    www.eaivaleapenaresenhas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir